ENTREVISTAMOS CLEBER REITZ, UMA DAS MENTES POR TRÁS DO CHAKRA CLUB

21 de abril de 2017 Escrito por Redação
Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on Twitter

Esse ano, um dos clubs de maior destaque no cenário nacional é o catarinense Chakra. Localizado em São Bento do Sul, ele mostra-se como a melhor opção para a cena clubber da região, carente de clubs e de um evento com calendário anual. Há mais de 5 anos, Cleber Reitz e sua equipe tem trabalhado constantemente pela evolução do club e atualmente os avanços já são notórios.

Após receber nomes como HNQO, Gromma, Albuquerque, L_cio e Zopelar, o Chakra se prepara para festas confirmadas com Victor Ruiz, BLANCAh e Mumbaata – os dois últimos se apresentam já neste fim de semana. Antes disso, conseguimos um espaço na agenda de Cleber para um bate-papo sobre a história do club, cena na região e planos para 2017. Confira abaixo:

1 – Cleber, tudo bem? Obrigado por falar conosco. Como exatamente começou a história do Chakra?

Ola pessoal tudo bem! Eu que agradeço a oportunidade de conversar com vocês da Groove Mag. Tudo começou com a união de amigos que já movimentavam pequenos eventos na cena regional, nesta época os eventos geralmente eram open air em locais itinerantes o que dificultava muito a legalização bem como o público se acostumar com um local. Com o crescimento destes eventos e a disseminação da música eletrônica no Brasil principalmente em Santa Catarina, vimos à oportunidade de investir em algo inovador em um local único. Foi aí surgiu o Chakra.

2 – Na época em que você realizou os primeiros eventos, o que predominava na cena da região?

Nossa cena local veio do Trance, influenciada pelas grandes festas em Curitiba. Na época Tribe, Tribaltech, XXXperience, etc. Porém o Chakra trouxe o cenário cluber para a região, trabalhando house, techno e suas vertentes

3 – Na sua visão, quais são os principais diferenciais do Chakra?

O Chakra tem uma energia sensacional, nosso público é realmente amante da música eletrônica, onde o foco principal sempre são os artistas e o som. Quando estamos na pista do club esquecemos do mundo lá fora e tudo isso em meio a serra catarinense, com um ar puro e fresco rodeado pela mata atlântica e belas paisagens.

4 – Ano passado vocês trouxeram algumas atrações internacionais importantes, como o francês Janeret. O que podemos esperar em termos de headliners para o restante de 2017?

A ideia do Chakra sempre foi trazer novidade e qualidade para nossa região. Este é um trabalho que vem dando certo há 5 anos e 2017 não será diferente. Pretendemos trabalhar DJs internacionais que ainda não passaram por aqui e buscar nos nacionais sempre a melhor qualidade aliada aos novos talentos.

5 – São Bento do Sul tem se tornado referência em música eletrônica por conta do Chakra. Você sente que, atualmente, o público é predominantemente de outras cidades ou a maioria vem de São Bento mesmo?

São Bento do Sul é uma cidade pequena, onde a música eletrônica ainda é algo muito recente, estamos nos tornando referência em nossa região justamente pela qualidade e renome dos artistas que passam por aqui. Isso faz com que pessoas de cidades próximas venham prestigiar nossos eventos, cidades como Jaraguá do Sul, Joinville e Curitiba chegam a somar 60% do nosso público.

6 – O Chakra está em um terreno grande, cercado por muita natureza, não é mesmo? Há planos de construir uma segunda pista nesse terreno ou até mesmo aumentar a estrutura do Chakra?

Sim, estamos localizados em meio a Natureza, em um espaço bem amplo. Desde sua inauguração todos os anos passamos por ampliações e melhorias dentro das necessidades percebidas. Existe a possibilidade de uma segunda pista. Ela está nos planos para o futuro

Confira Também

SPOTIFY FAZ EXPERIMENTO PERMITINDO QUE LABELS INCLUAM MÚSICAS NAS LISTAS DE REPRODUÇÃO DO USUÁRIO

O popular serviço de música, Spotify está em fase de experimento do seu novo sistema. a empresa irá permitir que Labels paguem para incluir faixas de seus artistas em listas de reprodução dos usuários. “Estamos sempre [continua]

DJ BRASILEIRO ILLUSIONIZE É ATRAÇÃO PRINCIPAL EM FESTA NA ÁFRICA DO SUL

Um dos artistas mais promissores da música eletrônica da atualidade, Pedro Mendes, aka Illusionize, se apresenta pela primeira vez fora do país e aterrissa neste sábado, 24 de junho, em Joanesburgo, África do Sul.   O [continua]