NEW FACES | ROYCE LAROCA – DJ E PRODUTOR DA LABEL REAL TALKS CONTA COMO É SEU TRABALHO EM PROL DA CENA EM PONTA GROSSA

6 de junho de 2017 Escrito por Renan Bastazini
Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on Twitter

Nesta segunda entrevista para a coluna New faces que nos dá a oportunidade de conhecer novos DJs que estão em destaque no momento, conversamos com o ponta-grossense Royce Laroca, mentor e idealizador do projeto Real Talks, falamos sobre carreira e sua label que está conquistando espaço dentro da cena eletrônica underground do sul do país.

 

O Começo

 

Os primeiros contatos de Royce Laroca com a música foi na infância, onde teve uma guitarra e participou de algumas bandas entre amigos, até chegou a tocar em uma banda da igreja local.

Mas, foi na época que cursava direito que começou a frequentar as primeiras festas de música eletrônica. Como nesse tempo a cena em Ponta Grossa era pequena, Royce sempre viajava para outras cidades para ter acesso à maioria das festas e festivais que frequentava.

 

“Eu comecei escutando trance, não sabia bem ao certo o que era. Praticamente eu ouvia tudo o que meus amigos ouviam, e conforme eu fui me envolvendo mais, o meu gosto foi mudando.”

Royce conta que o primeiro choque de realidade foi na Tribaltech  2012, para ele o festival foi um marco em sua vida, a energia do lugar era diferente de todas que já havia sentido em outros eventos. O encanto foi tanto, que no final de 2013 resolveu fazer o curso de performance para DJs da Yellow DJ Academy de Curitiba.

E foi nesse momento que Royce sentiu que era preciso entender mais sobre esse universo:

 

“O curso de DJ abriu a minha cabeça de tal maneira que me vi na necessidade de entender melhor esse universo, entender o mercado, as pessoas envolvidas. Sabia que precisava saber mais, frequentar mais, ver como era o background, ir em festivais, saber quem eram as pessoas que já estavam fazendo isso a mais tempo e quais eram os principais nomes que estavam a frente de tudo isso.”

E logo após terminar o curso, decidiu ir atrás de mais informações sobre tudo o que havia visto. A sua primeira oportunidade foi a chance de conhecer pessoalmente o som dos principais DJs do nosso país e alguns nomes de renome mundial em um único lugar: UNIVERSO PARALELLO.

 

 

Quando retornou para Ponta Grossa, Royce começou a ir atrás das pessoas e locais que realizavam festas na cidade. Foram alguns meses correndo atrás querendo se envolver na cena. O seu primeiro trabalho com a música eletrônica foi de fotógrafo, mas não demorou muito e logo veio sua primeira gig, um warm-up para o duo Kultra.

 

 

“E acredita que eu nem sabia quem eram os meninos, e sequer imaginava que posteriormente iriamos ser parceiros” conta Royce.

 

Real Talks

 

Depois de um certo tempo, Royce começou a perceber que, na sua cidade, era muito limitado o número de eventos voltado à música que ele gostava, festas com foco na música e com um conceito bem definido. Foi aí que veio a ideia de começar a produzir sua própria festa.

 

“A Real Talks foi, de fato, mais uma consequência do cenário local, pela carência de eventos com a proposta de som que estávamos buscando. Além do mais, eu sempre quis ver muitos artistas que admiro aqui na nossa região, pensava nos amigos e nas pessoas que não poderiam sair e viajar para outras cidades para ver certos artistas.”

 

Em setembro de 2014 o projeto se materializou: ele alugou uma pousada e fechou um line-up com excelentes artistas.

 

“Trouxemos Doriva Rozek e a crew inteira do Barba, Cabelo e Bigode. Então você já deve saber como foi!” conta Royce.”

 

De fato foi uma grande festa, essa foi a primeira que eu fui fora de Curitiba e o evento estava incrível, som, público, local e toda a produção.

 

 

Desde o primeiro o evento, Royce contou com o apoio de muitas pessoas, mas ele idealizou sozinho. Ele era o “faz tudo”, a equipe de planejamento, a logística, marketing, promoter, DJ, fechava com os artistas ou com as suas agências, ia atrás de lugar, alvará, som e pessoal para trabalhar.

 

“Não foi e ainda não é fácil fazer evento, principalmente aqui no nosso país, mas, a partir do momento em que decidi não só produzir um evento, mas criar um movimento, já sabia que era um longo o caminho. Como alguns amigos meus dizem: é um trabalho de formiguinha.”

 

Com a consolidação da Real Talks, nasceram amizades e Royce pode conhecer muitas pessoas que vieram para somar não só na vida do próprio projeto, mas em sua vida também.

 

“Pessoas começaram a surgir querendo “vestir a camisa”. Com o passar do tempo, muitas tarefas estão hoje sendo divididas em um apoio voluntário para a produção dos eventos e no crescimento da marca, seja na comunicação, logística, em relacionamentos, marketing, ou em outros processos inerentes para que o movimento continue a crescer.”

 

A Real Talks já  levou para Ponta Grossa nomes como: Eli Iwasa, Blancah, Ney Faustini, Tarter, showcases da Detroit br, e Girls Play Techno.

 

 

 

Paixão pelo vinil

 

Royce sempre gostou muito de ir atrás de música como um hobby. Pesquisava artistas mesmo antes de começar a escutar house e techno.
Seu interesse foi despertado quando ele viu pela primeira vez uma apresentação com os famosos bolachões, onde quem tocava era Ney Faustini, em uma festa em Curitiba.

 

“Eu não sabia o que era toda aquela magia em volta dos discos, se era o DJ ou se era a sua seleção de tracks. Foi quase amor à primeira vista. ”

 

E não demorou muito, ele aprendeu a tocar em vinil com o Kaká Franco.

“Kaká é uma pessoa fenomenal, devo muito à ele, pois acredito que ele tenha me passado essa paixão pelos discos. Ele me mostrou como era divertido e prazeroso tocar com eles. Além do mais, tem toda a espera, demora, a dificuldade, a técnica. É um desafio que te dá um enorme prazer! Ter aquele disco para tocar naquele momento específico é algo muito especial, é diferente. E eu comecei a notar que muitas das coisas que eu gostava, eram lançadas apenas em vinil. É algo que te faz mudar sua forma de trabalhar, tem todo um esforço. Acho que sem ele não teria tanta graça”. Complementa Royce.

 

 

Com isso veio a ideia de fazer uma festa especialmente voltada para o vinil. Trazer toda essa magia do vintage, de toda a história em volta do DJ e o toca discos, buscando valorizar os colecionadores  apaixonados por discos. Assim surgiu a Everybody Loves Vinyl”, que já contou com Kaká Franco, Wesley Razzy e Talking Frequencies

 

Festivais mundo a fora

 

Em 2015, Royce foi para Buenos Aires, uma verdadeira aventura de carro com mais três amigos para conhecer o  Time Warp, além do festival, ele queria conhecer a cena na terra dos nossos “hermanos”.

Um mês depois ele se jogou em outra viagem; era mais uma tour pelos lugares onde tudo começou: Detroit, Chicago,cidades onde nasceram o Techno e o House respectivamente, Também NY,  que é um dos polos da música underground dos Estados Unidos.

 

“A viagem foi algo transformador, me abriu muito a cabeça, pude conhecer um pouco mais da história desses lugares, pude conhecer um dos maiores festivais de Techno do mundo, o Movement Music Festival que acontece em Detroit. Nessa viagem aconteceu algo que não imaginava, toquei em Detroit no Northern Lights Lounge, um bar tradicional da cidade, depois do segundo dia do Movement. Isso foi muito marcante para mim, pois foi a minha primeira apresentação fora do meu país”, comenta Royce.

Royce Laroca, trilha um belo caminho rumo ao crescimento como DJ, além de contribuir movimentando a cena em sua cidade. Para acompanhar esse trabalho excepcional, curta sua página e seu soundcloud:

facebook.com/roycelarocaofficial

soundcloud.com/roycelaroca

soundcloud.com/realtalksart

 

 

 

 

Curta o set exclusivo da DJ Antonela Gimpietro  aqui.

Confira  a DJ ANNA falando sobre o Wagundg Day Festival aqui

Acompanhe a Groove Mag: Soundcloud /  Facebook /  Instagram

 

 

Confira Também

PARANORMAL ATTACK COMEMORA QUINZE ANOS DE CARREIRA COM SHOW DIA 15 EM SÃO PAULO

Sexta, 15 de Dezembro de 2017, Paranormal Attack comemora seus quinze anos de carreira com show especial Nos Trilhos, em São Paulo, quando gravará seu novo DVD. Paranormal Attack apresentará sua formação completa, liderada pelo português [continua]

FESTIVAIS | WARUNG DAY FESTIVAL ACABA DE ANUNCIAR SEU LINE UP COMPLETO PARA 2018

Na tarde dessa sexta-feira dia (8), o warung day festival anunciou seu line-up completo para 5º edição do festival que vai se realizar em 2018, dia 14 de abril na pedreira Paulo Leminski – Curitiba.   [continua]